Login/Cadastrar



Olá bem vindo ao Refúgio! Para favoritar lugares, comentar, programar viagens, criar roteiros e muito mais... Primeiramente, você precisa CRIAR um usuário e escolher por onde deseja logar, se é através de senha do site ou através do google / facebook (sem senha). Depois é só CONFIRMAR O E-MAIL enviado para você para liberar o acesso e logar da forma preferida. Boa viagem!!!

Conheça Mongaguá

Comece agora a programar sua viagem!

Onde Visitar em Mongaguá
Não sabe o que fazer em Mongaguá? Selecionamos os melhores pontos turísticos para você e sua família conhecer e aproveitar a cidade. Cachoeiras, Trilhas, Praias, Parques, Shoppings, Teatros e muito mais... Clique Aqui e Saiba o Que Fazer em Mongaguá
Onde Ficar em Mongaguá
Desejamos que você tenha a melhor experiência na sua hospedagem em Mongaguá. Escolha aqui seu hotel, resort, spa, pousada, hostel ou camping no Interior de SP. Clique Aqui e Saiba Onde Ficar em Mongaguá
Onde Comer em Mongaguá
Sabemos que a maioria dos hotéis servem apenas o café da manhã, pensando nisso selecionamos os melhores restaurantes em em Mongaguá. Escolha os melhores restaurantes, pizzarias e bares no interior de SP e Capital. Clique Aqui e Saiba Onde Comer em Mongaguá
Utilidades e Emergências em Mongaguá
Um dos pontos a serem levados em conta ao planeJar uma viagem, são os endereços emergenciais, afinal nunca sabemos o que se pode acontecer. O Refúgio preparou uma lista dos principais endereços que você terá em um clique em caso de emergência em uma viagem. em Mongaguá. Clique Aqui e Confira Endereços e Telefones
Mongaguá

Foto:viagensecaminhos.com

Mongaguá é uma das estâncias balneárias da Baixada Santista. Além das praias, possui áreas preservadas, com trilhas, parques ecológicos e cachoeiras.

Entre os destaques do município, além dos 13 km de praias, está a Plataforma Marítima de Pesca que é uma das maiores do mundo.

Tem também a arquibancada do pescador amador no rio Mongaguá; uma área de lazer com cachoeiras; o Poço das Antas; Skate Parque, Parques Ecológicos como o Morro dos Macacos; Belvedere Municipal, Turismo Rural, Feiras de Artesanato, entre outros.

O QUE FAZER EM MONGAGUA - PONTOS TURÍSTICOS EM MONGAGUÁ

  1. FEIRA DE ARTES VERA CRUZ
  2. PLATAFORMA DE PESCA AMADORA DE MONGAGUÁ
  3. FEIRA DE ARTES PLATAFORMA (AGENOR DE CAMPOS)
  4. COMPLEXO ZONA RURAL
  5. CENTRO CULTURAL RAUL CORTEZ
  6. PRAIA DO AGENOR DE CAMPOS
  7. PRAIA DO CENTRO
  8. FEIRA DE ARTESANATO
  9. PRAÇA FERNANDO ARENS JR
  10. IGREJA MATRIZ NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO APARECIDA
  11. MORRO DA PADROEIRA
  12. PARQUE TURÍSTICO ECOLÓGICO “A TRIBUNA”
  13. POÇO DAS ANTAS

HISTÓRIA DE MONGUAGUÁ

Mongaguá é uma palavra indígena que significa “água pegajosa”. Nome dado pelos índios guaranis que viviam às margens dos rios Mongaguá e Aguapeú.  No século XVI, segundo historiadores, emissários de Martim Afonso de Souza, em suas viagens pelo litoral paulista, paravam em Mongaguá para descansar. Aos poucos, foram surgindo moradores fixos e, consequentemente, as primeiras propriedades. Parte do território atual de Mongaguá situava-se, naquela época, na Capitania de São Vicente e outra na Capitania de Itanhaém.

Em 1776, o Sítio de Mongaguá foi arrematado em leilão público pelo coronel Bonifácio José de Andrada, pai do Patriarca da Independência, José Bonifácio de Andrada e Silva. A propriedade foi vendida ao padre João Batista Ferreira (1814) e, posteriormente, a Antônio Gonçalves Nobre (1847), Manuel Bernardes Muniz (1851) e a Heitor Peixoto (1892).

Com a formação da Companhia de Melhoramentos da Praia Grande, em 1913, cujos principais acionistas eram Fernando Arens Júnior, David Antônio dos Santos, Prudente Correia, Ernesto Diedrichs, Alberto Hugo de Oliveira Caldas e Abílio Smith Camargo. Com Abílio Smith foram criados os loteamentos Jardim Marina, Jardim Aguapeú, Vila Arens, Jardim Caiahu, o Centro de Mongaguá e a Vila Sorocabana. A Companhia de Melhoramentos, porém, não teve êxito maior em seus projetos, pois os paulistas daquela época não demonstraram interesse em passar as férias no litoral.

Após a Segunda Guerra Mundial é que Mongaguá começou a se desenvolver. A construção da rodovia Padre Manoel da Nóbrega, ligando Mongaguá a São Paulo, deu um grande impulso ao crescimento do distrito. Em 24 de Dezembro de 1948 foi criado o Distrito de Mongaguá, pela Lei nº 233.  Mongaguá, que pertencia a São Vicente, foi incorporada ao município de Itanhaém.

Com a criação do Distrito de Mongaguá o desenvolvimento no setor comercial teve um grande impulso. Dez anos depois, o movimento de emancipação tomou conta da cidade, sonho quase se torna um pesadelo, pois o IBGE havia publicado, em 1950, que Mongaguá possuía apenas 826 habitantes: 444 homens e 382. Graças à colaboração da Empresa Elétrica de Mongaguá, que tinha o controle das moradias particulares, constatou-se que com a população flutuante da cidade, estavam cadastrados 6.000 habitantes.

Cumprida então as formalidades legais, foi marcado pelo juiz da 119ª Zona, para 7 de dezembro de 1959, o plebiscito determinado pela Assembleia Legislativa de São Paulo. E o desejo da população de Mongaguá foi alcançado com uma votação esmagadora e o plebiscito foi aprovado. Em 31 de Dezembro de 1959 o governador, Dr. Jânio da Silva Quadros, assinou a Lei e Mongaguá foi elevada à categoria de Cidade, pela criação do Município. A data do aniversário de Mongaguá passou a ser comemorada no dia em foi realizado o plebiscito e não na data da elevação à categoria de Município, em 31 de Dezembro de 1959. Em 1977, Mongaguá foi elevada à categoria de Estância Balneária, pela Lei Estadual 1.482, publicada no Diário Oficial, no dia 7 de dezembro de 1977.

Data de aniversário: 7 de dezembro.

Fonte: mongagua.sp.gov.br, viagensecaminhos.com


Sugestões Para Conhecer em Mongaguá

No Refúgios do Interior você encontra os principais pontos turísticos, hotéis e restaurantes. Faça Agora o seu Roteiro... Programe-se!

Praia Agenor de Campos em Mongaguá

Praia Agenor de Campos em Mongaguá

Essa charmosa praia conta com ondas agitadas e fortes, e é a queridinha dos surfistas da região, é um verdadeiro espetáculo de fauna e flora pra quem deseja viajar pro litoral de São Paulo!

Conhecer
Parque Ecológico - A Tribuna - em Mongaguá

Parque Ecológico - A Tribuna - em Mongaguá

Centro natural e parque com exposição de animais e pássaros, além de exposições geológicas e ambientais.

Conhecer
Plataforma de Pesca Amadora de Mongaguá

Plataforma de Pesca Amadora de Mongaguá

A estrutura que avança 400 metros mar adentro e forma um ’T’, com mais 86 de metros de extensão para cada lado e que é uma das maiores plataformas pesqueiras em estrutura de concreto armado do mundo.

Conhecer
Copyrights © 2020 Canvas: Elis Salles
+55 (11) 99367-7070 ·